SFbBox by smart happy birthday wishes

 

Para os Monitores

O Monitor

É o escoteiro designado para dirigir a patrulha.

Não é necessariamente o mais velho, inteligente ou forte mas sim aquele que consegue fazer a patrulha funcionar unida e promover o desenvolvimento de seus elementos.

Normalmente é o escoteiro mais velho da patrulha.

Funções do monitor

  • Cuidar do adestramento e evolução dos seus elementos.
  • Manter a união, solidariedade e disciplina da patrulha.
  • Manter o interesse da patrulha nas atividades.
  • Cuidar da boa apresentação da patrulha.
  • Elevar o ânimo da patrulha nas adversidades.
  • Levar as aspirações, preocupações e necessidades da patrulha para a Corte de Honra.
  • Apresentar idéias e planos de ação para a patrulha.
  • Dirigir a patrulha nos jogos.
  • Apresentar semanalmente o relatório de patrulha.
  • Privilégios do monitor
  • Representar sua patrulha na Corte de Honra.
  • Ter fácil acesso ao chefe.
  • Participar de eventos específicos para monitores.
  • Ter acesso à biblioteca especial da chefia.
  • Presidir o conselho de patrulha.


O Sub-monitor

É o escoteiro escolhido pelo monitor para ser seu assistente e substituto.
É essencial que monitor e sub-monitor mantenham-se em contato permanente para que haja perfeita sintonia e íntima colaboração.

  • O sub-monitor é responsável pela verificação dos uniformes e distintivos da patrulha.
  • O sub-monitor auxilia na manutenção da disciplina da patrulha.
  • O sub-monitor é um fiel colaborador do monitor e candidato a futuro monitor.


O espírito da patrulha

Cada elemento precisa ter orgulho de fazer parte de uma patrulha.As patrulhas devem portanto, manter suas tradições, história, animal símbolo, cores, grito, chamado, lema, etc. além de cuidar da decoração e limpeza do seu próprio canto de patrulha.

A patrulha pode ter um grito ou pio próprio para chamar seus elementos: é o chamado de patrulha. Esse chamado pode imitar o som do animal que dá nome à patrulha e deve ser ouvido a 50m na mata.

Da mesma forma pode-se criar um lema que identifique a patrulha. É importante que o lema esteja associado ao animal símbolo por exemplo: “Patrulha Águia, sempre alertas e vigilantes”).

As histórias mais importantes, assim como os hábitos e características do animal símbolo da patrulha, grito, lema e chamado, podem ser registradas num quadro ou livro próprio para que todos seus elementos as conheçam.

Outra idéia é pedir que cada elemento que entre para a patrulha faça um desenho do animal símbolo. Os desenhos devidamente assinados e datados podem ser reunidos num álbum ou pasta e guardados. Será divertido revê-los depois de algum tempo.

O canto da patrulha deve ser decorado com objetos, fotos, desenhos, etc. que tenham relação com a patrulha. Esse canto pode receber uma placa com nome por exemplo: Ninho das Águias, Covil dos Leões, Toca da Raposa, etc.

A disciplina da patrulha

É fundamental a pontualidade. O monitor deve ser sempre o exemplo.

Caso o monitor não possa comparecer ou tenha que se atrasar para uma atividade, deve avisar com antecedência o sub-monitor e passar as devidas instruções para este o substitua.

A patrulha deve estar formada e em posição de “alerta”, em no máximo 12 segundos após o chamado da chefia.

Os monitores devem estar a (4 passos) da chefia.

Quando em formação, as patrulhas devem permanecer em silêncio e atentos à chefia.

O conselho de patrulha

Reunião da patrulha sob a presidência do monitor. É uma importante ferramenta para promover a união e integração da patrulha. O monitor não deve impor seus desejos à patrulha mas sim escutar.

Não precisa ser na sede. É interessante que cada vez seja feito na casa de um escoteiro (rodízio) pois permite que os pais conheçam os escoteiros. Pode ser também feita num parque ou praça ou outro lugar que agrade a patrulha.

A reunião deve ser interessante e divertida mas não pode se limitar a um gostoso lanche, brincar de video-game ou jogar futebol. Além disso, é necessário que se faça atividades que contribuam para a progressão dos escoteiros.

Qualquer que seja o local, o importante é lembrar que essa é uma reunião de ESCOTEIROS portanto, atenção à promessa e às leis.

Sugestão de assuntos para a reunião do conselho de patrulha: confecção de caixa de patrulha, decoração do canto, remodelação do bastão ou bandeirola, adestramento de nós, cozinha, provas de especialidades, realização de boas ações, compra de materiais para a patrulha, etc.

Aprendizado da patrulha

A tarefa do monitor não é apenas ensinar diretamente sua patrulha mas principalmente fazer com que os escoteiros tenham a oportunidade de aprender.

O monitor não tem que ser um “sabe tudo”. O importante é que quando ele não souber responder as questões feitas por um escoteiro ele procure a resposta com a chefia ou outra pessoa habilitada.

O monitor pode levar a patrulha para aprender a cozinhar na casa de alguém, ou então ao Corpo de Bombeiros, ou ainda trazer alguém que ensine sobre astronomia ou marcenaria, pintura, etc.

Pode ser interessante que todos os elementos da patrulha tenham a mesma especialidade o que pode se tornar uma característica da patrulha.

Boas ações de patrulha

O monitor deve estimular a patrulha a fazer boas ações coletivas: cortar o mato de uma praça, levar mantimentos para uma instituição de caridade, prestar serviços beneficentes, ajudarpessoas idosas, recolher livros e doá-los para bibliotecas, etc.

Devem ser estimuladas as boas ações também entre os escoteiros: ajudar alguém que esteja com problemas nas aulas de matemática, ajudar outro escoteiro a limpar seu quarto ou pintar o muro de casa, etc.

10 Dicas para os nossos Monitores

Alguns dos nosso jovens Monitores enfrentam dificuldades para dirigir suas patrulhas. Reclamam que os elementos da patrulhas não os obedecem e que eles tem que fazer tudo nas atividades, isso os leva a uma elevada dose de stress e não chega a ser incomum alguns desses monitores abandonar a sua função (ou mesmo a Tropa).
Partindo do principio que o Escotismo é uma escola de educação do caráter onde cada jovem assume seu próprio desenvolvimento e ao longo desse processo adquire capacidade tanto para liderar como para ser liderado há que se considerar que a habilidade de tornar mais agradável a vida de Monitor pode ser ajudada por alguns conselhos úteis. Veja:


1. Procura ser fiel à tua palavra. Não faças promessas que não consigas cumprir. A Honra do escoteiro inspira confiança.

2. Procura ser justo com todos. Um bom Monitor não mostra favoritismos por alguns elementos. Não deixes que as amizades te impeçam de ser justo com todos os elementos da Patrulha. Procura saber quem gosta de fazer o quê e atribui aos elementos da tua Patrulha tarefas que gostem de fazer.

3. Procura ser um bom comunicador. Não precisas ter uma voz poderosa para seres um bom líder, mas tens de ser capaz de chegar à frente com um pujante “vamos lá”. Um bom líder consegue dar informações de modo que todos possam entender o que fazer.

4. Procura ser flexível. Nem tudo corre conforme os planos. Fica preparado para mudares rapidamente para um “plano B” no caso do “plano A” falhar. Podes ainda ter, escondido na manga, um “plano C”. Mas lembra-te que não consegues ser flexível se não planeares antes.

5. Procura ser organizado. O tempo que gastas a planear as coisas, vais ganhá-lo muitas vezes depois. Nas reuniões de Patrulha, regista quem gosta de fazer o quê, e prepara escalas de serviço antes de irem acampar.

6. Procura delegar. Alguns líderes pensam que as coisas não são feitas se não forem feitas por eles, mas é um grande erro. A maior parte das pessoas gosta do desafio de uma nova tarefa. Dá aos teus elementos a oportunidade de fazerem coisas que nunca experimentaram.


7. Procura dar um bom exemplo. A coisa mais importante que podes fazer, é liderar pelo exemplo. O que tu fizeres, é provável que os teus elementos também façam. Uma atitude animada e bem disposta consegue manter o espírito de todos sempre em alta.

8. Procura ser consistente. Não há nada mais confuso do que um líder que num momento está de uma maneira, e logo a seguir está de outra maneira. Se os teus elementos te conhecerem e souberem o que esperar de ti, será mais fácil responderem à tua liderança.

9. Procura elogiar os outros. A melhor forma de ser elogiado, é elogiar os outros. Muitas vezes um simples “bom trabalho” é o suficiente para fazer com que um elemento sinta que está a contribuir positivamente para o esforço da Patrulha.

10. Pede ajuda! Não te sintas envergonhado por pedir ajuda. Tens muito mais recursos à tua disposição do que imaginas. Quando confrontado com uma situação que não saibas como resolver, pede a alguém com mais experiência que te aconselhe. Os teus recursos podem ser os elementos da tua Patrulha, outros Monitores ou Chefes.

 

Fonte:https://sites.google.com/site/69gehm/tropa-escoteira/para-os-monitores

APLICATIVOS OFICIAIS DE PROGRESSÃO